Protetores personalizados são todos iguais?

protetor-bucal-esportivo-novos-conceitos-sportsdental-odontologia-do-esporte-curitiba2
Protetor Bucal Esportivo “Novos Conceitos”
6 de setembro de 2017
Sinal vermelho na saúde bucal: problemas dentários que podem atrapalhar rendimento no esporte
23 de janeiro de 2018

protetores-bucais-sao-todos-iguais-ou-tem-diferenca

Recebi este protetor (esquerda) de um atleta que gostaria de confeccionar um novo protetor bucal personalizado (direita). A odontologia do esporte foi recentemente reconhecida e alguns pontos são importantes esclarecer. Durante a confecção de um protetor bucal utilizamos as lâminas de EVA (material utilizado) sobrepostas para diminuir as forças de impacto durante os traumatismos dos dentes ou da face. Para realizar a confecção precisamos de uma moldagem adequada.

protetores-personalizados-sao-todos-iguais-3

Moldagem adequada

Essa moldagem tem que reproduzir no modelo além dos dentes as estruturas ao redor como a gengiva e todos os tecidos a sua volta. O protetor não pode ser confeccionado com apenas uma placa de EVA sem levar em consideração os limites das estruturas da boca do atleta. Lembrem estamos falando de um protetor bucal e não uma plaquinha de clareamento. Durante a confecção a placa de EVA diminui a espessura de 50% até 80% da espessura inicial, ou seja uma placa de 3mm acaba com 1,5mm a 1mm dependendo do caso, e essas medidas são insuficientes para minimizar determinadas forças de impacto.

protetores-bucais-sao-todos-iguais-ou-ha-diferenca

Outro fator importante é o acabamento do protetor durante a confecção esse acabamento é fundamental para não machucar a boca do atleta durante a prática esportiva.

protetores-bucais-sao-todos-iguais-ou-ha-diferenca-1

Os ajustes oclusais também são fundamental na entrega dos protetores bucais para o protetor apresentar uma capacidade adequada de dissipação das forças pelo atleta. (Acompanhem meu post anterior, eu descrevo um pouco sobre este assunto)

protetores-bucais-sao-todos-iguais-ou-ha-diferenca-2

E por fim o trabalho de moldagem e ajustes dos protetores é de responsabilidade do Cirurgião Dentista, nenhum outro profissional é habilitado legalmente a realizar estes procedimentos. Se não foi um Dentista que fez a sua moldagem e muito menos ajustou o seu protetor este profissional pode ser preso por exercício ilegal da profissão, além ser o responsável por eventuais danos ocasionados aos atletas pelos ajustes inadequados do protetor.

Autor: Eli Luís Namba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *